Lixomania


Fisioterapia e mais dúvidas sobre o número 3
março 25, 2011, 10:30 am
Filed under: Uncategorized


Na primeira vez que fiz fisioterapia, me apaixonei platonicamente pela fisioterapeuta. Carismática, linda e noiva. “Agora vamos alongar o seu antebraço”: meu coração se alongava. “Este equipamento irá estimular eletricamente este grupo muscular para fortalecê-lo”: meu coração se estimulava e fortalecia. “Segure esta bolinha de borracha com a mão e aperte-a com força”: meu coração se contraía inteiro, como que apertando uma bolinha. Claro que não deu em nada, não se conquista uma mulher apertando bolinhas de borracha na sua frente.

Na segunda vez que fiz fisioterapia foi numa clínica com várias fisioterapeutas. Certo dia eu estava com o mesmo aparelho de estimulação elétrica, deitado em uma maca fechada com cortinas, quando ouvi um burburinho e umas risadinhas. De repente entra uma fisioterapeuta toda risonha dizendo que tinha uma outra fisioterapeuta que queria me conhecer, se para mim tinha algum problema. Não, problema nenhum. Sai a fisioterapeuta risonha, entra a fisioterapeuta querendo enterrar a própria cabeça no chão. Perguntou sobre a minha lesão e minha reuperação. Expliquei. Conversamos por mais 5 minutos sobre aleatoriedades e ela foi embora. Claro que não deu em nada, não se conquista conquista um homem perguntando sobre sua lesão (especialmente se ela foi algo tão idiota quanto tropeçar em um degrau saindo do caixa eletrônico).

Dentro de mais alguns instantes, estarei seguindo para a terceira fisioterapia da minha vida. Não estou procurando por romance, evidentemente. Desta vez, para variar um pouco, eu gostaria de simplesmente recuperar a minha perna e voltar a caminhar normalmente. Minha idéia é voltar pra cá e dizer: “Claro que a fisioterapia deu em algo, não se conquista o mundo de muletas”, ou coisa assim

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



Nada Profissional

não contém glútem

Blowg

não contém glútem

I misbehave

não contém glútem

Vida e Obra de Daniell Rezende

"Thou shalt not bore." - Billy Wilder

tantos clichês

não contém glútem

%d blogueiros gostam disto: